FESEP-RJ encerra curso formando 78 novas lideranças sindicais

O Curso de Formação da Federação dos Servidores Públicos Municipais do Rio de Janeiro (FESEP-RJ), iniciado na última terça-feira, se encerrou nesta quinta (16). A atividade, realizada em Araruama, reuniu 78 lideranças sindicais de diversas categorias. Chamou a atenção a participação feminina, que atingiu a marca de 46% do total de inscritos. Esse fato foi valorizado pela dirigente nacional da CTB, Kátia Gaivoto:

“A cada curso a Federação vem incentivando a participação de mulheres. Esse é o curso que obteve a maior participação das mulheres, incluindo mulheres de todas as categorias aqui presentes: comerciárias, metalúrgicas, rurais, servidoras públicas. A federação tá investindo nessa participação e esse é um passo importante pois não podemos pensar em movimento sindical sem pensar na participação das mulheres. Então, tanto a federação, quanto o CES e a CTB, que também fazem parte desse processo, estão de parabéns.”

Os dois últimos dias de curso tiveram aulas de História do Movimento Sindical Brasileiro (Prof. Élton Arruda), Concepções Sindicais (Prof. Kátia Gaivoto), Conjuntura Internacional e Nacional (Prof Thomas de Toledo), Oratória (Prof. Ricardo Ortiz), Transformações do Mudo do Trabalho (Prof. Élton Arruda), e, Estado, Partido e Sindicato (Prof. Thomas de Toledo). O Professor Élton Arruda, professor do CES e presidente da CTB do Piauí, comentou sobre a experiência de ministrar aulas no curso:

“Trabalhei em duas disciplinas: História do Movimento Sindical e Transformações do Mundo do Trabalho. Estou muito feliz de ter encontrado turmas muito vívidas e sagazes, com muita vontade de saber e conhecer o movimento sindical. No momento político que o país vive, com tantas dúvidas e incertezas, um grupo de dirigentes se reunir e estudar para se formar é fundamental.”

O Presidente da Fesep, Marco Correa da Silva, o Marquinho, fez uma avaliação muito positiva do curso e apontou um próximo módulo para o primeiro semestre de 2018:

“Esse foi o 4º Curso de Formação Sindical da FESEP. Nós repetimos pela terceira vez o módulo básico e, diferente das outras vezes, ampliamos para outros setores sindicais: temos aqui no curso o Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis, o Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro e diversos sindicatos rurais da Região dos Lagos. Nós acreditamos que o caminho para termos um sindicalismo mais organizado e forte é o caminho da formação sindical continuada. Os alunos absorveram bem o conteúdo e, saindo daqui já vamos iniciar a construção do próximo módulo, que deve ser realizado em abril ou maio do ano que vem. Nossa avaliação é positiva. Somente formando cada vez mais sindicalistas é que vamos ter um sindicalismo melhor e mais forte.”